La Excuela Ocupar la Política

Octubre 2, 2020. Por Ocupar La Política

Dicas para coordenadora de campanha eleitoral

Senta here, vamos conversar um pouquinho sobre uma figura super importante e essencial na sua campanha: a coordenadora geral. Como o nome já diz, basicamente, ela é ~ apenas ~ a pessoa responsável por coordenar toda a sua campanha eleitoral, garantindo que a equipe, como voluntários e voluntários executores seus trabalhos dentro dos prazos definidos e claro, com qualidade. 

Para ser uma boa coordenadora geral, essa pessoa tem que ser de confiança total, pois, em vários momentos, tomar decisões importantes. Algumas dessas decisões em nome da candidata, sem tempo de conferir a sua opinião primeiro. Nesse meio tempo, você deseja livre de tarefas administrativas e pode gastar seu tempo e energia sendo candidata: ou seja, conversando com seus eleitores e com a mídia, transmitindo sua mensagem e buscando aquilo que precisa, votos!

Diariamente, entre as principais atividades e responsabilidades de uma coordenadora geral estão:

  • Coordenar a produção de conteúdo (texto, arte e vídeo) sendo a única responsável pela aprovação ou delegando para uma coordenadora de comunicação; 
  • Identificar oportunidades de pautas e divulgação para uma imprensa; 
  • Fazer atendimento para jornalistas, em parceria com uma pessoa responsável pela assessoria de imprensa; 
  • Gerenciar relações com fornecedores; 
  • Conferir relatórios com indicadores de desempenho tanto das ferramentas de comunicação, como índice de visitas ao site, número de seguidores, interação nas redes sociais e cobertura na imprensa; como também de quantidade de rodas de conversa ou outros temas que podem ser quantificáveis;
  •  E, o mais importante, ficar sempre atenta ao contexto geral das vantagens, dos opositores etc?

A Coordenadora Geral é como uma antena, está sempre ligada.

Aí é responsa, hein! Viu porque PRECISA ser alguém de confiança? E não só isso, o ideal é que essa pessoa tenha um perfil específico, porque todo esse trabalho é super delicado e deve ficar na mão de alguém capacitada e com as necessárias. Vamos à elas: 

  • Ser organizada! Sem organização não dá para gerir pessoal, conteúdos, números e metas com propriedade. Ou seja, essa característica é indispensável.
  • Ter facilidade em lidar com pessoas: é muito importante que uma coordenadora geral se sintaxe segura e à vontade em lidar com pessoas porque é basicamente isso que ela fará todos os dias. 
  • Complemente você, candidata: ter uma coordenadora geral que seja a sua metade da laranja é caminho pro sucesso. Isso significa que os talentos e habilidade de uma cobrem como fraquezas da outra. Por exemplo, imagine uma situação em que a candidata é mais expansiva e criativa. Se a coordenadora geral para mais analítica e ponderada, isso pode ser positivo e complementar para a campanha.
  • Sabe gerir uma crise: essa é uma das principais características da coordenadora geral. Ela precisa saber lidar com momentos adversos e de estresse com objetividade e agilidade! 
  • Ser de confiança: já falamos, mas vale repetir! A coordenação geral é a carga que terá todo o acesso à campanha, todas as informações relevantes e estratégicas. É fundamental que uma coordenadora geral e a candidata estabeleçam uma relação de mútua confiança!

Nós temos uma Videoaula, com a Emília Lucy, do Goianas na Urna, explicando com mais detalhes o que cabe à coordenadora geral, com dicas do que ela deve fazer um dependente do orçamento da sua campanha. Vem ver! 

Como ser uma boa coordenadora geral?

A coordenadora geral é o braço direito de uma candidata!

Beleza, já deu para entender todo o papel dela na campanha. Mas e aí, como conseguir uma boa coordenadora? Vamos te dar algumas opções:

Contrate alguém: contratar uma pessoa com experiência seria o ideal, mas não é sua única opção, ok? Nós sabemos que a grana pode estar contada. Porém, vale ressaltar que para essa pessoa vale um investimento, porque você terá alguém para gerir todo o caos ao seu redor, sendo seu braço direito, enquanto você poderá desempenhar seu papel de candidata sem tantas responsabilidades burocráticas. Se você tem dindin para contratar uma coordenadora, então vale ficar de olho em algumas habilidades que essa profissional deve ter no currículo: 

  • Excelente texto; 
  • Visão estratégica e experiência prévia sobre canais digitais e uso de redes sociais; 
  • Experiência com trabalho em rede e gestão institucional; 
  • Gestão de fornecedores; 
  • Gestão de pessoas;
  • Idealmente também ter experiência com campanhas políticas.

Convide alguém que você já conhece: sempre é bom ficar de olho na sua rede de amigos e familiares, porque nela há pessoas que podem te ajudar em várias áreas técnicas da campanha. Aí no meio dessa galera, pode ter aquela pessoa que dá check em todas as características que uma boa coordenadora deve ter que listamos ali acima. Se você conhece essa pessoa, provavelmente o nome dela já veio à sua mente neste instante! Lembrando que: sem experiência, ela precisa ser treinada. Já passa o endereço da Im.pulsa para ela, tá? 🙂 

Faça você mesma! Vamos ser sinceronas? Ser candidata e coordenar a campanha ao mesmo tempo é uma missão daquelas! Você vai viver os meses mais insanos da sua vida, mas é uma opção e não estamos aqui para te desanimar. Só você sabe da sua situação e talvez queira mesmo participar ativamente de todo o processo da sua campanha. E tá tudo bem! Aqui na Im.pulsa, nós temos várias ferramentas para te ajudar nesse processo! <3
Organize as atividades de campanha em cada etapa: a primeira ferramenta de ouro que nós temos para te ajudar nisso é o Cronograma de Campanha. Nesta planilha você encontra todas as atividades que devem ser priorizadas do período de pré-campanha até a reta final! A planilha é editável, então sempre é possível mudar uma coisa ou outra com base na sua realidade. 

Modelo de Cronograma da Campanha

Planilha com todas as atividades que devem ser priorizadas durante período de pré-campanha até a reta final.

Acompanhe o andamento de atividades da sua equipe: nesta planilha de Gestão de Campanha você poderá gerir as atividades e o cumprimento de metas da sua equipe de forma simples. Fizemos um passo-a-passo que não tem erro, com as principais metas, o alinhamento de atividades semana a semana, um plano de ação e cronograma.

Consiga voluntárias: ser candidata e coordenadora é missão, já falamos. Mas você não precisa estar sozinha nessa. Mobilize todo o poder voluntário que você puder, treine essas mulheres e você estará no caminho do sucesso! Fizemos uma editoria já com um compilado de tudo do site que diz respeito às voluntárias. Já separa para ler. 

O poder das voluntárias em campanhas eleitorais

O papel das voluntárias em campanhas eleitorais é extremamente importante, por isso é essencial que a candidata estabeleça interação constante com todas elas.

Cerque-se de amor: Aqui não tem nenhuma ferramenta, só um toque amigo para que você não se esqueça de montar uma rede de apoio forte de pessoas que se importam com você e que realmente podem ser parceiras naqueles momentos intensos, emocionantes, em noites mal dormidas, deslocamentos longos ou aquela pirada leve, né? Ninguém é de ferro. 

Sozinha, com uma amiga ou com uma coordenadora com experiências anteriores, o que vale mesmo é chegar ao fim dessa jornada com sucesso! Por isso, continue contando com a Im.pulsa e, não vai embora, não. Dá uma olhada nos outros conteúdos do site para se preparar e promover a mudança juntas! Vai ter # MaisMulheresNaPolítica, sim! 

e-mail

¡Quédate ahí!

Recibe novedades de la escuela OP en tu email